Qual o sentido da arte em nossas vidas?

“A vida, tal como a encontramos, é árdua demais para nós, proporciona-nos muito sofrimento, decepções e tarefas impossíveis. A fim de suportá-la, não podemos dispensar medidas paliativas.”

Freud, em “O Mal-estar na Civilização”

Há quem discorde de Freud e possa achá-lo um tanto pessimista. A vida é uma invenção e a busca pela felicidade é um ideal do ser humano. Mas, não há como negar que ela proporciona “sofrimento, decepções e tarefas impossíveis”, como nos disse Freud.

Ainda bem que existem “medidas paliativas” para tornar nossa jornada nesse planetinha mais agradável, ou como disse Freud, para suportá-la!

A arte está dentre esses paliativos — satisfações substitutivas — segundo Freud, que diminuem a nossa desgraça! A ciência seria outro, parte de derivativos poderosos, que nos fazem extrair luz dela (nossa desgraça!)! Por último, substâncias tóxicas, que nos tornam insensíveis a ela. 

Algo desse tipo é indispensável. Freud visualizou um sentido para a arte em nossas vidas, de grande importância para a saúde mental. Assim, como escritores e poetas:

“Não podemos passar sem construções auxiliares.” 

Theodor Fontane, escritor alemão, considerado por muitos o mais importante do realismo alemão.

“A arte existe porque a vida é insuficiente.” 

Fernando Pessoa 

A vida imita a arte muito mais do que a arte imita a vida…” 

Oscar Wilde escritor, poeta e dramaturgo britânico

A arte, em suas inúmeras manifestações, é uma forma de expressar as emoções, a história e a cultura do homem. Ela faz sentir, pensar, ver por outros ângulos, conhecer mais quem somos, perceber as diferenças entre os povos, além de nos tirar da rotina. 

A arte nos incita a mudar paradigmas, visualizar modos de ser e agir diferentes do que vivemos ou estamos habituados. Ela contribui com o autoconhecimento, com o entendimento do outro e gera sentimentos de pertencimento, pois nos identificamos.

Experimentar a arte, visualizá-la, deixar-se surpreender por ela — nos balança, movimenta e ajuda a enxergar novos caminhos. Não podemos passar sem arte pela vida.

Arte

Diz o indizível

Capta o inconsciente

Vem de lá

Ponte direta para emoções, sentimentos e sensações

Construção imaginativa 

Arte que alivia

A arte é importante para a nossa saúde mental, individual e coletiva. Ela nos faz lembrar dos quão ilimitados somos e podemos ser. A arte nos lembra quem somos e faz a vida não só mais fácil de ser suportada como nos convida a uma transformação.

Qual o sentido da arte na sua vida? Me conta, deixe seu comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s